Olá, meus amores! No tutorial de hoje, eu trago opções baratéeeerrimas e facílimas de fazer para decorar sua parede! Fiz esses enfeites para a parede do meu quarto e todo mundo curtiu! Bora ver como faz?! Vamos lá!

Materiais utilizados:

* Círculos enfeitados
- Tecidos, de acordo com seu objetivo para decoração
- Papelão
- Cola quente
- Fita dupla-face
- Objetos circulares para definir o formatos dos enfeites

* Quadrinho
- Porta-retrato de sua preferência
- Gravura
- Tinta de tecido para pintar a moldura do porta-retrato

*Prancheta
- Prancheta simples, do tamanho desejado
- Tinta de tecido para pintar o prendedor da prancheta
- Tecido para cobrir
- Cola de sua preferência* (eu utilizei fita dupla-face pela praticidade e falta de tempo, mas não recomendo; interfere bastante no acabamento).

1) No enfeite circular maior, decidi fazer um desenho em ponto cruz para enfeitar. No outro, usei tecido normal.


2) Procurei um objeto circular que tivesse tamanho suficiente para alojar o desenho que havia bordado; no meio caso, o prato. Confesso que o objetivo era usar bastidores de costura, como já se viram muitos exemplos de artesãos fazerem, mas acabei fazendo num fim de semana em que não dava para sair para comprar... O jeito é improvisar! Acredito que assim o resultado ficou diferente e satisfatório :)
3) Tive receio de usar cola no etamine (tecido usado), então usei fita dupla-face. 


4 e 5) Resultado da colagem do tecido no papelão.

6) Coloquei cola quente aos poucos nas bordas do papelão para colar o etamine. Esse excesso de tecido que ficou no verso do papelão eu também prendi com cola quente. Pensei em usar cola de silicone, mas precisava de colagem rápida. Acredito que cola instantânea funcionaria bem também.


7) Procurei mais dois objetos circulares: um menor que o prato e outro maior. O objeto maior deve ter a diferença de tamanho para o prato de acordo o tamanho que você queria que o fundo fique. Usei os dois objetos e  formei uma circunferência O objetivo de cortar o meio foi trazer o efeito franzido no acabamento; se você não quiser que fique assim, é só cobrir com o tecido desejado da forma que foi feita nos passos de a 6. Cortei uma tira de tecido de largura e comprimento suficientes para cobrir o papelão cortado e comecei a colagem, também com fita dupla-face (cola não favoreceria o efeito franzido).

8) Colei as bordas da mesma forma ensinada no passo 6. Dessa vez, na parte de fora e de dentro da circunferência de papelão.

9) Posicionei a parte de cima já pronta sobre a parte de baixo, e colei as áreas que ficaram sobrepostas com cola quente, para prender uma peça na outra.


10) Repeti o processo de 2 a 9 em formatos menores, com outros tecidos. Para prender os dois enfeites na parede, colei um pedaço de fita de cetim no verso, com cola quente, em formato que permitisse a colocação num prego; isso porque os objetos eram leves, o que não causou risco de não ser sustentado pela fita. A fixação na parede é opcional, há várias formas: dentre elas, usar fita dupla-face de alta fixação ou fazer um furo no verso do papelão, sem furar o tecido na frente. 

Resultado:



Os outros dois enfeites foram bem mais simples de fazer: Coloquei a gravura no porta-retrato e pintei a moldura com tinta de tecido (recomendo altamente que se use papel mais resistente que o sulfite; observe que no meu quadro ficou com a aparência amassada). Na prancheta, passei tinta de tecido na frente do prendedor e cobri a frente com tecido; como já disse, deveria ter usado cola branca com pincel, e não fita dupla-face. A prancheta se tornou o item de maior utilidade dos 4 objetos: nela prendo todas as contas e documentos pendentes, para não esquecer de resolver prosteriormente.

Esse foi o nosso tutorial de hoje, meus amores! Espero que tenha sido útil e que você utilize alguma das ideias oferecidas hoje. Um beijão, e até mais :D



Deixe um comentário