Olá, meus amores! Com muito custo consegui trazer nosso primeiro tutorial :D
Trago pra vocês hoje a restauração da minha mesinha! Ela já estava aqui quando me mudei, e a senhora que me alugou o apê deixou-a a meu dispor. Ela vem sendo super útil, e quis restaurá-la logo pra começar a decoração do meu quarto (tô super empenhada em decorar de verdade a casa, até agora ela só tem itens essenciais mesmo).
Ahh, me desculpem pela bagunça que ficar nas imagens! Como era um objeto grande, fiz na sala, e tudo vira uma zona quando faço minhas artes :p

Materiais utilizados:
- Tecido
- Tinta (usei tintas de tecido porque a tinta spray que comprei entupiu a válvula; não queria atrasar mais e fiz com elas mesmo. Mas NÃO RECOMENDO! Elas são laváveis, saem fácil. Terei que repintar posteriormente)
- Cartolina;
- Cola branca, rolinho e pincel para aplicar e potinho para espalhar;
- Espátula
- Mesa para cortar (eu uso um quadro negro antiquíssimo que tem aqui, então use o que for melhor e mais barato pra você!)
- Papel kraft para cobrir o chão e não sujar de tinta e/ou cola (a folha dele é enorme e barata, por isso escolhi-o. Você pode pegar outra coisa para substituir também).
- Silicone (opcional)
- Tesoura, estilete, trena e régua.
- Fita crepe



1) Minha mesinha tinha muitas marquinhas do tempo. Algumas deu pra cobrir, outras não. Os buracos maiores eu enchi com silicone, mas você poderia colocar massinha de modelar, cola quente ou outro material que servisse para preencher o local.
2) Recortei pedacinhos de papel kraft e colei por cima. O papel kraft tem a vantagem de ser bem fino, então ficou imperceptível depois de pintado.


3) Pintei todas as áreas que não iam ser cobertas com tecido. Como já disse, usei tinta de tecido emergencialmente, misturando essas duas cores até chegar ao tom que desejava (ignorem as marcas coloridas nela, foram os testes que fiz antes de começar :p).


4) Para que a cobertura com tecido cobrisse os defeitinhos (marcas de prego, buracos, etc.), usei cartolina como intermediária. Para saber o tamanho mais exato possível do tampo, coloquei a cartolina (pode ser mais de uma, dependendo do tamanho; é só colocar exatamente ao lado, não vai aparecer essa divisão) em cima e prendi as extremidades com fita crepe pra que a cartolina não fugisse. Dependendo da fita que você utilizar, pode ser necessário fazer retoques na pintura, então tente não exagerar.
5) Virei a mesa de cabeça para baixo em cima da "mesa de corte" e cortei os excessos com estilete. Se isso não for possível para você, um bom corte de tesoura também dá certo. Não recomendo que se meça o tamanho da superfície e se desenhe na cartolina o tamanho com a régua para recortar: todo trabalho manual, como a mesa, terá irregularidades; você pode ter dores de cabeça com o acabamento fazendo dessa forma. O tecido pode ser cortado com medidas aproximadas; recomendo deixar 2 cm a mais em cada lateral para o acabamento.


6) Espalhei a cola branca na cartolina para colar o tecido. Usei daquelas colas brancas Cascorez, uma básica. Esses tipos de cola são mais resistentes, por isso recomendo elas em vez de colas brancas escolares. Fora que o volume é bem maior, sai mais barato usá-las. Use um potinho qualquer que caiba seu rolinho, de preferência descartável: essa colas são muito trabalhosas de tirar lavando, então evite esse trabalho a mais ;)
7) Use uma espátula para aplicar o tecido sobre a cartolina. Essa que usei é uma muito usada no artesanato, mas encontrei na seção de ferramentas de um supermercado. Você pode usar uma mais simples, como a que uso na imagem 11, ou não usar: a maior parte da aplicação eu fiz com a mão; usei a espátula só para um reforço.


8) Cortei as extremidades desta forma, deixando mais ou menos 0,5 cm entre a ponta da cartolina e o fim do corte. É um detalhe importante no acabamento. 
9) Passei cola com pincel nas extremidades. Com a ajuda da espátula, dobrei os excessos de tecido para dentro da cartolina. Esse é um procedimento onde a espatula é muito importante: coloque-a embaixo no tecido e vire, deixando-o dobrado bem rente ao final da cartolina. Se não tiver nenhuma espátula, pode usar um cartão de crédito que não serve mais, ou algo parecido.
Passe cola, do mesmo jeito do passo 7, na área da cartolina que ficará em contato com a mesa e faça a aplicação. Reforce a colagem com a espátula, se puder.


10 e 11) Fiz os mesmos procedimentos (do 4 ao 9) nas laterais. 


O que acharam? Eu fiquei apaixonada por ela, mas como já disse, terei que repintar para substituir a frágil tinta de tecido e, pra falar a verdade, talvez mude a cor da tinta e/ou o tecido, porque depois me toquei que ela ficou muito forte no quarto (estou decorando ele todo, e ele está ficando bem colorido, talvez, no fim, a mesa traga um peso de cor na decoração). Mas, por enquanto, ela ficará assim, linda :D Estou providenciando um tampo de vidro para ela, pois o tecido numa área tão usada como a mesa se estraga muito fácil. Se você pensa em fazer uma restauração semelhante, lembre deste detalhe.
É isso, amores! Espero que vocês tenham gostado! Qualquer dúvida, pode deixar nos comentários ou na aba "Contato" do blog. Um super beijo!


Deixe um comentário